Saiba como apoiar o IOS através de Incentivo Fiscal

conecteIOS_001

Há alguns anos o IOS mantem parceria com o poder público nas esferas municipais (FUMCAD/CMDCA), estaduais (CONDECA) e, atualmente, também na esfera federal (PRONAS e Lei Rouanet).

Essa é mais uma forma que o Instituto encontrou para dar continuidade aos projetos executados em várias unidades espalhadas pela região sul e sudeste do país, ao longo de seus 18 anos de história.

O recurso que chega até as organizações que estão cadastradas nos programas de incentivo é proveniente da quantia que as empresas poderiam pagar ao governo em forma de imposto.

Ao escolher apoiar uma causa como a do IOS, através de leis de incentivo, a empresa, além de não gastar nada a mais com isso, colabora com políticas públicas e exercita sua responsabilidade social.

Para esse ano fiscal ainda temos dois projetos que podem ser apoiados! São eles: Inovação Pedagógica e Franquia Social, aprovado pelo CONDECA (Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente) e também o documentário Intervenção em Primeira Pessoal – Um estudo etnográfico sobre resgates de cidadania, aprovado pelo MinC (Ministério da Cultura), através da Lei Rouanet.

 

Saiba como destinar recursos através desses programas a seguir:

 

  • CONDECA: Faça o deposito na conta:

Banco: 001 Banco do Brasil

Agência: 1897-X | CC: 8947-8

CNPJ do fundo: 13.885.657/0001-25

Em seguida, envie uma carta com nome, CPNJ, endereço, telefone e comprovante de pagamento para o CONDECA, demonstrando interesse em nosso projeto.

 

  • Lei Rouanet: Para apoiar o IOS através dessa lei de incentivo o valor doado deve ser depositado na conta:

Banco do Brasil 001
Agência: 19119 | CC: 74179

CNPJ do IOS: 02.449.283/0001-89

Após isso, devem ser emitidos 3 recibos de mecenato a serem encaminhados um para o Ministério da Cultura, outro para a instituição, ficando a última via com o doador.

 

Para mais informações entre em contato através do relacionamento@ios.org.br e no número (11) 3804-5341 ou (11) 99390-0747.

Este post não contém tags.
Compartilhe: